Busca


Coluna do Blog
Segunda etapa nos santuários


Destaques
Senado aprova guarda compartilhada de filhos
Blog do Magno com novas redes sociais
Na Bahia, quem não tem Bolsa Família cata lixo
Excluídos penam para sobreviver na Chapada
Um terço dos baianos nos programas sociais
Até Salvador surfa na onda da bolsa
O juiz que sacode o Brasil
Internet gratuita finalmente chega às ruas do Recife
Armando e Kátia confirmados, mas Dilma não anuncia hoje
Barba de molho: prefeitos não comemoram a dinheirama


Opinião


Operação Lava Jato, Teoria dos Jogos e Cenários - Adriano Oliveira
























TwitterTwitterRádio do MagnoRSS

13
11/09
Meirelles: Agentes econômicos precisam acreditar no país
O presidente do Banco Central (BC), Henrique Meirelles, afirmou hoje (13) que, para a economia brasileira continuar a crescer, é fundamental que os agentes econômicos tenham confiança na capacidade de expansão da atividade produtiva do país, informou a Agência Brasil.

Em palestra durante o 8º Seminário de Economia, promovido pela Federação Brasileira dos Bancos (Febraban), Meirelles disse que o Brasil tem demonstrado estar preparado para enfrentar choques diversos. Ele alertou, no entanto, que “os problemas são criados na expansão e aparecem na retração”, fazendo uma referência aos efeitos provocados na economia mundial pela quebra do banco norte-americano Lemann Brothers.

Para Meirelles, o Brasil só conseguiu atravessar o período crítico da crise financeira internacional, deflagrada em setembro do ano passado, em condições mais favoráveis do que o resto do mundo porque foi criado “um colchão de capital”. Ele observou que as instituições financeiras brasileiras têm conseguido manter a oferta de crédito com limites razoáveis de taxa de risco, em níveis acima do Índice de Basileia, de 11%.

  Escrito por Magno Martins, às 14h19
 
Comentários Comentários (1) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

13
11/09
Acordo entre governo e oposição adia composição de CPMI
O acordo entre governo e oposição em torno da composição da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) criada para investigar o repasse de verbas ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), prometido para esta semana, foi adiado para a terça-feira, quando os líderes governistas pretendem indicar os membros da comissão. Até o momento, apenas o deputado Jilmar Tatto (SP) foi indicado pelo PT. Ele é a aposta do partido para relatar as investigações, informou o Correio Braziliense.

O deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS), autor do requerimento de criação da CPMI, está à frente das negociações. Ele articulava com a base aliada a instalação da comissão ainda esta semana, e prometia obstruir a votação dos projetos do marco regulatório do pré-sal para pressionar pela indicação dos membros governistas.

Lorenzoni concordou em adiar o acordo para a próxima semana a pedido do líder do PT na Câmara, Cândido Vaccarezza (SP). 'Tínhamos nos dado até esta semana para conclusão deste processo. Mas os líderes do governo pediram para aguardar até o fim da semana porque tinham coisas a acertar entre as bancadas. Nós aceitamos até para demonstrar que estamos de boa vontade', disse.
  Escrito por Magno Martins, às 13h55
 
Comentários Comentários (0) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

13
11/09
Prefeitos paulistas pedem ao governador maior participação
Um grupo de 110 prefeitos paulistas decidiu enviar documento ao governador José Serra (PSDB), pedindo maior participação dos municípios na divisão de tributos como ICMS e IPVA e cobrando mais repasses do Estado para saúde, educação e segurança, informou a Agência Estado.

"Os municípios têm assumido cada vez mais obrigações, enquanto recursos têm sido drenados das prefeituras", afirmou o prefeito de Osasco, Emídio Souza (PT). O documento de ontem faz parte do encerramento da Marcha Paulista em Defesa dos Municípios, aberta anteontem na Assembleia Legislativa.
  Escrito por Magno Martins, às 13h26
 
Comentários Comentários (2) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

13
11/09
Quebra-cabeça

 

 

 

 

 

 

 

 

  Escrito por Magno Martins, às 13h01
 
Comentários Comentários (1) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

13
11/09
Monteiro inaugura nova biblioteca da Indústria

A partir da próxima segunda-feira , 340 funcionários da fábrica da Fibrasa e os moradores de comunidades próximas ao empreendimento, no limite entre os municípios de Abreu e Lima e Paulista, na Região Metropolitana do Recife, terão acesso gratuito à internet banda larga, em um projeto do SESI, denominado Indústria do Conhecimento, que concilia inclusão digital e acesso à leitura e educação.

 

A Fábrica da Fibrasa - no quilômetro 52 da BR-101 Norte - contará com o segundo centro multimídia do Estado. O primeiro funciona em Agrestina, no Agreste, desde dezembro de 2008. A inauguração da nova unidade do projeto será feita pelo diretor nacional do SESI e presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Armando Monteiro, às 10h. “O projeto traz oportunidade de educação continuada para o trabalhador, beneficiando também a empresa, que está investindo em sua mão-de-obra, além de oferecer um novo ambiente de acesso à informação e conhecimento para a população local”, explica Monteiro.

 

Vinculado ao programa Educação para a Nova Indústria, da CNI, que prevê investimentos de R$ 10 bilhões na educação básica e profissional de 16,2 milhões de brasileiros entre 2007 e 2010, o projeto de inclusão digital deve instalar, nos próximos anos, mais 20 unidades em diversos municípios pernambucanos, a exemplo de Araripina, Tamandaré, Bonito, Limoeiro, Garanhuns, Panelas, Itapissuma, Nazaré da Mata, Rio Formoso e Santa Cruz do Capibaribe. O objetivo do SESI é inaugurar 230 módulos em todo o país até 2015, que podem ser alocados nas comunidades ou nas instalações de empresas.

  Escrito por Magno Martins, às 12h30
 
Comentários Comentários (0) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

13
11/09
João Lyra Neto explica modelo da saúde para alagoanos

 

 

 

 

 

 

 

 

O vice-governador e secretário estadual de Saúde, João Lyra Neto, viajou nesta sexta-feira (13/11) para Maceió, capital de Alagoas. Ele está participando do seminário “Sobre Alternativas de Gerência no Serviço Público”, onde vai fazer uma palestra sobre o novo modelo de gestão que vem sendo desenvolvido em Pernambuco. O convite para participação do evento partiu do secretário de Saúde de Alagoas, Herbert Motta de Almeida, interessado na troca de experiências entre os estados nordestinos.
 
O seminário ocorre no auditório do Hotel Ritz Lagoa da Anta, no bairro Cruz das Almas, a partir das 8h da manhã. O evento, que segue até as 17h, deve reunir autoridades e gestores, profissionais de saúde e usuários da rede pública alagoana. Os debates vão contar com a presença dos secretários de saúde da Bahia, Jorge Solla, e de Sergipe, Rogério Carvalho, convidados também para expor a experiência da gestão deles a frente do serviço público de seus respectivos Estados.

 Lenir Santos, especialista em Direito Sanitário, e Pedro Ribeiro Barbosa, vice-presidente da Escola Nacional de Saúde Pública da Fiocruz, também vão participar do encontro. A primeira deverá falar sobre os aspectos legais para mudança na gerência do serviço púbico e o segundo abordará as questões operacionais.
 
Em sua palestra, o vice-governador e secretário João Lyra Neto deverá falar sobre a nova rede de assistência à saúde que vem sendo traçada em Pernambuco. Um dos assuntos a ser abordado deverá ser a construção das Unidades de Pronto-Atendimento (UPAs) no Estado. Cada uma delas realizará até 500 atendimentos por dia, com mais de 90% de resolutividade dos casos de baixa e média complexidade. Oito unidades serão entregues no início de 2010.
 
Outro ponto a ser tocado pelo vice-governador deverá ser a nova forma de gestão por Organizações Sociais. Uma delas, a Fundação Martiniano Fernandes, ligada ao Imip, foi escolhida por seleção pública para administrar três UPAs e o Hospital Metropolitano Norte Miguel Arraes, que já está com a estrutura física pronta e deverá ser inaugurado no dia 15 de dezembro. A regionalização dos serviços, com o incentivo de consórcios intermunicipais na área da saúde e a municipalização dos hospitais regionais, será outro debate que João Lyra Neto deve colocar em pauta.

  Escrito por Magno Martins, às 12h03
 
Comentários Comentários (2) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

13
11/09
Custódia vive o boom puxado pelas obras da transposição

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Não há crise em Custódia, a 320 km do Recife, região banhada pelo rio Moxotó. Ali, o desemprego foi reduzido drasticamente e a economia vive um boom provocado por uma só obra: a transposição do rio São Francisco. Enquanto os demais municípios da região penam com os cortes no FPM, a Prefeitura de Custódia comemora uma arrecadação extra, há um ano, de R$ 800 mil por mês, com o crescimento do Imposto Sobre Serviços – o ISS.

“Até o governador brinca comigo, dizendo que não precisamos mais de ajuda financeira”, diz o prefeito Nemias Gonçalves, uma figura carismática e brincalhona. Mas, segundo ele, Eduardo tem ajudado muito Custódia com a liberação de recursos para obras. Pelos seus cálculos, hoje existem nove obras em licitação e algumas já em estado bastante avançado no município, como é o caso da Academia das Cidades.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

As obras da transposição mudaram os hábitos e a rotina da cidade. São mais de duas mil pessoas contratadas. Os hotéis e pousadas estão lotados e até os engenheiros e técnicos das quatro empresas do consórcio do projeto encontram dificuldades para alojamento. Com isso, o preço de aluguel deu um pulo. Uma casinha que ser alugava antes por R$ 200, hoje está custando R$ 700.

Para comprovar essa realidade, basta dar uma passadinha em Custódia. Um técnico da Funasa teve que dormir na casa do prefeito esta semana porque não havia lugar nos hotéis. A cidade tem dois razoáveis hotéis e uma penca de pousadas. Abrir um supermercado em Custódia parece ser algo próspero nos dias atuais. “Ninguém consegue fazer mais compras na cidade sem enfrentar filas no caixa”, diz Maria Francisca de Lima, atestando o que todo mundo tem orgulho de contar.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Custódia foi uma das paradas de Lula no roteiro recente em que ele veio inspecionar as obras da transposição. Lá, ele pernoitou no canteiro de obras, que fica a 20 km do centro da cidade. Na minha visita a Custódia pude perceber quanto à obra melhorou o astral das pessoas. “Eu vendia 10 quilos de bode por semana, hoje vendo 30 quilos”, diz o comerciante José Oliveira, em tom de graça.

Falei em Custódia na Câmara de Vereadores, que, embora com auditório pequeno, estava lotada. Entre os presentes, o prefeito Nemias Gonçalves e seu vice, Joãozito Moura; o presidente da Câmara, Luiz Carlos (PT), e os vereadores Ariosvaldo Gonçalves (PSB), Fábio Medeiros (PSB) e Paulinho Gomes (DEM). Também os secretários Luciara Frazão, Vagner Rodrigues e Cícero Almeida, além de Ronaldo Elisbão, Chico Elizeu e seu filho Bruno, o radialista Django Alves e do blogueiro Paulo Peterson, este com um blog que resgata a história da cidade e de sua gente.  (As fotos são de Júnior Finfa).

  Escrito por Magno Martins, às 10h43
 
Comentários Comentários (2) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

13
11/09
PRTB lança logo mais seu pré-candidato ao Governo do Estado
 Daqui a pouco, às 12h30, o presidente do Diretório Regional do Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB), Edinázio Silva, estará anunciando seu pré-candidato ao Governo do Estado, além de divulgar a relação de pré-candidatos a deputado federal e deputado estadual. Dessa forma, o PRTB pernambucano segue orientação do Diretório nacional para ir às urnas em 2010 com candidato próprio à sucessão no Palácio do Campo das Princesas. O nome para disputar uma das vagas no Senado ainda não foi definido pelo PRTB.
 
O anúncio será feito durante almoço no Restaurante Boi Preto, no Pina. Além de Edinázio Silva e outras lideranças do partido, estarão presentes o presidente do Diretório Municipal de Jaboatão dos Guararapes, Fernando Rodovalho, e o secretário-geral do PRTB Celso Muniz.
  Escrito por Magno Martins, às 10h27
 
Comentários Comentários (0) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

13
11/09
"Sou capaz de agregar outras forças", diz Aécio
O governador de Minas Gerais, Aécio Neves, afirmou ontem que o PSDB começa a perceber que sua eventual candidatura ao Palácio Planalto poderá evitar uma "polarização" ou "tentativa de eleição plebiscitária" em 2010, conforme estratégia atribuída ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Aécio voltou a argumentar que se considera capaz de agregar outras forças políticas, inclusive de partidos que estão atualmente na base aliada ao governo. Mas disse que o encontro com o deputado Ciro Gomes (PSB-CE), previsto para a próxima terça-feira, em Belo Horizonte, não tem por objetivo enfraquecer a pré-candidatura do governador paulista José Serra (PSDB).

"Esse não é o objetivo. Vejo que algumas análises podem até ir nessa direção, mas isso (sua relação com o deputado do PSB) não é um fato construído artificialmente", observou.

Aécio e Ciro ensaiaram uma aliança durante a campanha para a eleição do prefeito da capital mineira, Márcio Lacerda (PSB), em 2008. Em julho, no último encontro entre os dois em Belo Horizonte, o deputado causou desconforto no PSDB ao criticar duramente Serra, tendo o governador mineiro ao seu lado. Ciro também chegou a alegar que poderia desistir de concorrer novamente ao Palácio do Planalto caso Aécio consiga se viabilizar como candidato tucano. O deputado também é cotado para a disputa pelo governo paulista com o apoio do PT, informou a Agência Estado.
  Escrito por Magno Martins, às 09h33
 
Comentários Comentários (6) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

13
11/09
Enquanto isso...

 

 

 

 

 

 

 

 

  Escrito por Magno Martins, às 09h01
 
Comentários Comentários (0) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

13
11/09
Alô, Custódia!
Daqui a pouco, conto como foi minha passagem, ontem, pela cidade de Custódia, onde fiz palestra na Câmara de Vereadores. As obras da transposição mudaram o perfil do município, gerando empregos, atraindo negócios e enchendo os cofres da Prefeitura em razão do aumento da arrecadação do ISS.
  Escrito por Magno Martins, às 08h19
 
Comentários Comentários (1) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

13
11/09
Coluna de hoje na Folha

         Eduardo é alvo de ciumeira

 

Lula regressa na próxima semana para fazer a oitava visita ao Estado este ano. A atenção dispensada por ele a Pernambuco está gerando uma ciumeira terrível entre os governadores. Os mais invejosos são os baianos. Andam com uma dor de cotovelo terrível.

 

Acham que a até então toda poderosa Bahia, antes do governador Eduardo Campos assumir, já foi tratada com mais carinho e recebeu mais investimentos. Não admitem, igualmente, que um governador do PT e, portanto, do partido do presidente, não tenha um tratamento diferenciado na região.

 

Uma péssima notícia aos baianos: vão continuar do mesmo jeito, porque Lula está “apaixonado” pelo governador pernambucano, não só pela sua disposição de trabalho, mas pelo seu jeito de agir, sua lealdade e a forte contribuição que vem dando ao seu Governo na articulação política, área em que é um craque, agindo fortemente nos bastidores de forma silenciosa.

 

Em razão disso, Lula dá uma atenção redobrada ao Estado, que é, sem dúvida, a unidade da Federação que mais recebe recursos e projetos privados no Nordeste, tendo passado a perna na Bahia e, também no Ceará, outra força que num passado bem recente também conseguiu atrair mais investimentos do que Pernambuco.

 

PRÉ-SAL– Coordenador da bancada federal, o deputado Pedro Eugênio (PT) mobilizou os demais colegas para uma reunião na próxima segunda-feira com o governador Eduardo Campos, no Palácio das Princesas. O objetivo é discutir uma alternativa para mexer no relatório dos royalties do pré-sal, de autoria do deputado Henrique Alves (PMDB-RN), que não agrada aos Estados nordestinos. A maioria já confirmou presença, inclusive parlamentares da oposição, como Raul Henry (PMDB).

 

Sauna candanga - A Infraero acabou com os nervos dos passageiros que embarcavam, ontem, do aeroporto de Brasília ao desligar o sistema geral de ar-condicionado. Suando mais do que cueca de carteiro, o deputado Edgar Moury Fernandes era um dos mais irritados. Vai até usar a tribuna, segunda-feira que vem, para detonar a Infraero.

 

Mais água em Pesqueira - Pesqueira enfrenta um terrível colapso no seu sistema de abastecimento de água, mas a solução já está a caminho, segundo o presidente da Compesa, João Bosco. Ele já recebeu o sinal verde do governador para atender ao pleito da prefeita Cleide Oliveira (PRB), que passa pela construção de uma nova adutora. O sistema de abastecimento do município é arcaico, da década de 70.

 

O articulador - O deputado Henrique Queiroz, da bancada do PR, é o mais novo ardoroso defensor da candidatura do secretário Fernando Bezerra Coelho ao Senado. Embora Inocêncio Oliveira, o cacique da legenda, ainda não tenha se pronunciado sobre o assunto, Queiroz já articula um evento para lançamento da candidatura.

 

Missão impossível - Na primeira reunião, ontem, da Subcomissão Permanente de Segurança Pública, o relator Jarbas Vasconcelos encarou pela frente a missão de conter o avanço do crack, droga cujo consumo vem crescendo muito no Brasil. Já o senador Romeu Tuma (PTB-SP) relatará o abacaxi do sistema nacional de segurança pública.

 

 

Curtas

 

DIGITAL– O sistema digital da TV-Câmara dos Deputados, anunciado, ontem, adotou o modelo do compartilhamento com a TV-Senado, explícito no projeto de lei do deputado Inocêncio Oliveira, aprovado pela Câmara e já em tramitação no Senado.

 

NO SERENO– Alceu Valença estava à procura de uma casa para alugar em Pesqueira, para acomodar a equipe que faz as tomadas do seu filme na famosa Vila do Cimbres, em Pesqueira. Lá, tem um hotel com 66 apartamentos, mas só vive lotado.

 

ANTILULA- Em João Alfredo, o maior adversário do prefeito Severino Cavalcanti (PP) na Câmara, é um antilulista assumido: José Martins (PTB). “Lula é um mestre em enganar, nunca vi mentir tanto”, costuma repetir nos seus sermões da tribuna.  

 

'O caminho do ímpio é abominável ao Senhor; mas ele ama ao que segue a justiça'. (Provérbios 15-9)

  Escrito por Magno Martins, às 06h00
 
Comentários Comentários (10) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

13
11/09
Lula e o paraíso

Marisa Gibson - Diario de Pernambuco

 Vida real // Antonio Lavareda (MCI) assistiu ontem, em sessão para convidados, no Cinemark Botafogo Rio, Lula, o filho do Brasil e observa que a trajetória do presidente foi retratada de forma competente. E está convencido como cientista político de que o filme reforçará e muito a empolgação dos brasileiros por Lula.

Espelho meu // Não é só a empolgação dos brasileiros pelo presidente que vai aumentar. O filme Lula, o filho do Brasil já elevou o grau de narcisismo de Lula à milionésima potência. É só prestar atenção ao comportamento dele.

  Escrito por Magno Martins, às 05h54
 
Comentários Comentários (5) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

13
11/09
Perez retruca a Ferro: ''Se tem denúncia, apresente''

O presidente do PT pernambucano, Jorge Perez pressionou o aliado Fernando Ferro a apresentar nomes e uma denúncia formal sobre compras de votos para a eleição interna do partido. “Todos nós somos contra. Seja no PED ou em qualquer outra eleição. Agora, ou se tem a denúncia concreta ou fica uma denúncia sem objeto”, rebateu Perez, comparando a postura do correligionário às práticas, segundo ele, empreendidas pela oposição no Congresso Nacional.

“Falei para o Ferro: ‘O partido tem instâncias para apurar isso e punir. Se você tem uma denúncia, apresente. Não coloque sob suspeita essa eleição’. Se souber de algo, mandarei apurar e punir”, finalizou o presidente estadual do PT. (Folha de Pernambuco)

  Escrito por Magno Martins, às 05h50
 
Comentários Comentários (6) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

13
11/09
Clima esquenta entre petistas: Ferro denuncia compra de votos
Candidato a presidente estadual do PT com o apoio do grupo político do ex-prefeito João Paulo (PT), o deputado federal Fernando Ferro denunciou, ontem, a existência de um suposto esquema de compra de voto no Processo de Eleições Diretas (PED) da sigla. O parlamentar não citou nomes, mas deu a entender que a irregularidade estaria sendo praticada pelo tendência majoritária Construindo um Novo Brasil (CNB), do secretário Humberto Costa (Cidades), que tenta reeleger Jorge Perez para o comando da legenda em Pernambuco. As acusações foram feitas durante o último debate com os quatro postulantes à Presidência petista, no auditório da Igreja da Soledade, na Boa Vista. A votação está marcada para o próximo dia 22.

“Tenho ouvido isso... Não aceito voto comprado! Me recuso a participar disso! Não entrei na política para fazer essas práticas, que não combina com o PT”, disparou Fernando Ferro no momento em que defendia  uma oxigenação na direção do PT, que há dez anos está sob o comando da CNB. Ferro assegurou que o partido tem espaço para acomodar todas as lideranças.

Para o deputado, unidos, os petistas podem se defender melhor dos adversários. “Vocês viram o que aconteceu desde terça-feira: a mídia e a oposição delirando com o apagão. Procurando usar o discurso político para nos destruir (ao PT)”, bateu.

O postulante também contestou o discurso dos atuais dirigentes petistas, que apontam um crescimento da legenda nas eleições municipais de 2008. “Crescimento só no Recife? Não se pode comemorar crescimento com oito prefeituras (no Estado todo)”, salientou Ferro, para quem as alianças com outras forças não devem ser feitas de forma desordenada. “Ninguém governa sozinho, mas não se deve fazer alianças a qualquer custo”, ressaltou.

(Informações da Folha de Pernambuco - Arthur Cunha)

  Escrito por Magno Martins, às 05h45
 
Comentários Comentários (7) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

13
11/09
Valério fez planilhas do mensalão mineiro, diz lobista

 O lobista Nilton Monteiro afirmou ao Estado que o empresário Marcos Valério participou pessoalmente da elaboração das planilhas de caixa 2 que deram origem à investigação do chamado mensalão mineiro. Monteiro é o responsável por abastecer a Polícia Federal e o Ministério Público com documentos que levaram à denúncia contra o senador Eduardo Azeredo (PSDB-MG) por participar do esquema.

Segundo ele, as planilhas, com detalhes de repasses de dinheiro a políticos aliados durante a campanha de Azeredo ao governo de Minas, em 1998, foram preparadas em 2005, logo depois de estourar o mensalão do PT. O advogado de Marcos Valério, Marcelo Leonardo, nega a acusação. 'Qualquer coisa que venha desse senhor eu vou dizer que não é verdade', disse.

Monteiro explicou que a ideia de fazer a lista partiu de Marcos Valério e de Cláudio Mourão, ex-tesoureiro de campanha de Azeredo, e tinha dois objetivos: Mourão queria usar os papeis para cobrar de Azeredo uma dívida remanescente da campanha, e Marcos Valério, por sua vez, tentaria emparedar o PSDB com as provas de que, bem antes de atuar para o PT, havia prestado os mesmos serviços aos tucanos mineiros. 'Marcos Valério queria fazer com que o PSDB parasse com as acusações contra ele, por causa do mensalão petista', disse.

A lista, acompanhada de recibos e documentos bancários, detalhava a origem e o destino de R$ 100 milhões que teriam sido utilizados para irrigar a campanha de Azeredo. Parte do dinheiro tinha origem em estatais de Minas.(Informações de O Estado de S.Paulo)

  Escrito por Magno Martins, às 05h40
 
Comentários Comentários (4) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

13
11/09
Oposição diz que Lula delira, ao falar em golpe contra ele

 As principais lideranças da oposição no Congresso repudiaram as declarações do presidente Lula de que o mensalão foi uma "tentativa de golpe" e uma "armação", feitas durante entrevista ao programa "É Notícia", da RedeTV!. O líder do DEM na Câmara, Ronaldo Caiado (GO), disse que o presidente está com "mal de Alzheimer político". "Pois nada é mais marcante no governo Lula do que o mensalão", afirmou.

O líder tucano, deputado José Aníbal (SP), segue o discurso. Para ele, Lula está "delirando" e "quer tirar isso da sua biografia". Já para o líder do DEM no Senado, José Agripino Maia (RN), é neste momento que o petista corre o maior perigo, já que o STF foi o primeiro a considerar o caso como um fato.
Em resposta, o líder do PT na Câmara, Cândido Vaccarezza (SP), negou a existência do mensalão e disse que o suposto esquema "não faz sentido".(Informações da Folha de S.Paulo)

  Escrito por Magno Martins, às 05h35
 
Comentários Comentários (6) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

13
11/09
''Brasil decola'', diz revista inglesa, em matéria de 14 páginas

A ascensão econômica do Brasil é o tema da capa, de um editorial e de um especial de 14 páginas da edição desta semana da revista britânica The Economist, divulgada nesta quinta-feira.

Intitulado Brazil Takes Off (“O Brasil Decola”, em tradução literal), o editorial afirma que o país parece ter feito sua entrada no cenário mundial, marcada simbolicamente pela escolha do Rio como sede olímpica em 2016.

A revista diz que, se em 2003 a inclusão do Brasil no grupo de emergentes Bric (Brasil, Rússia, Índia e China) surpreendeu muitos, hoje ela se mostrou acertada, já que o país vem apresentando um desempenho econômico invejável.

A Economist afirma também que o Brasil chega a superar outros Bric. “Ao contrário da China, é uma democracia, ao contrário da Índia, não possui insurgentes, conflitos étnicos, religiosos ou vizinhos hostis. Ao contrário da Rússia, exporta mais que petróleo e armas e trata investidores estrangeiros com respeito.”

Apagão

O editorial da Economist ressalva também que o país tem problemas que não devem ser subestimados, da corrupção à falta de investimentos na educação e infraestrutura “evidenciados pelo apagão desta semana”.

No especial de 14 páginas, oito reportagens analisam as razões do sucesso econômico brasileiro e seus potenciais riscos.

Separadamente, a revista traz um perfil da ministra Dilma Rousseff e afirma que seu desafio na campanha eleitoral do ano que vem é se mostrar próxima o suficiente de Lula para beneficiar-se de sua influência, mas distante o bastante para mostrar que tem personalidade própria.(Informações da BBC Brasil)

 

  Escrito por Magno Martins, às 05h30
 
Comentários Comentários (6) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

13
11/09
O minivestido de Geisy começa a produzir dividendos

 

Mônica Bergamo - Folha de S.Paulo

Famosa depois do caso do minivestido na Uniban, a estudante Geisy Arruda deve virar garota-propaganda de lingerie. A Duloren está em negociações para que ela estrele a próxima campanha da grife. Caso tudo dê certo, os anúncios devem ser lançados até janeiro. 'Se puder, até antes. Eu e ela temos que aproveitar esse momento', diz Roni Argalji, presidente da empresa.

Calcinha vermelha 
A ideia é que Geisy apareça usando uma lingerie vermelha, cercada por figurantes, em referência ao episódio em que ela foi hostilizada na Uniban. 'Será a multidão em volta, assediando. E ela sem medo, mantendo sua posição diante daqueles 'dromedários', como foi na faculdade', diz Roni Argalji. A campanha está avaliada em R$ 600 mil. Não está descartada a utilização de uma universidade como locação.

Calcinha vermelha 2
E a Casa do Saber montou um curso relâmpago sobre a história da minissaia, inspirado no caso de Geyse. A aula, que será dada pelo professor de história da moda João Braga na segunda, vai abordar os aspectos culturais da peça na sociedade.

  Escrito por Magno Martins, às 05h25
 
Comentários Comentários (4) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

13
11/09
Apagão: Inpe desmente informações do governo

 O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais desmentiu nesta quinta (12) as informações do governo de que a causa do blecaute que atingiu 18 estados teria sido motivado por raios que geraram curtos-circuitos. Em relatório divulgado hoje, o Inpe afirmou que, embora estivesse chovendo na hora do apagão, os raios mais próximos caíram a cerca de 2 quilômetros de uma das subestações, a 10 quilômetros da segunda e a 30 da terceira.

O Inpe também disse que os raios registrados eram de baixa intensidade. O relatório do Inpe foi divulgado no mesmo dia em que o Ministério Público Federal deu um prazo de 72 horas para o governo explicar as causas do apagão e informou que abriu uma investigação para determinar também os responsáveis pela pane.(Da coluna de Cláudio Humberto)

  Escrito por Magno Martins, às 05h20
 
Comentários Comentários (4) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  


Copyright Magno Martins. 2011. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.